Quais são os estabelecimentos cadastrados na Nota Fiscal Paulista?

A nota fiscal Paulista é uma das estratégias do Governo do Estado de São Paulo em diminuir a sonegação dos impostos. Para participar, o consumidor deverá se cadastrar no site da Secretaria da Fazenda SP, e passar a exigir notas fiscais em seu CPF em toda compra que realizar.

Dessa forma, uma parte do valor gasto será repassado para os consumidores, que poderão utilizar parte desse crédito para descontar no IPTU ou, se preferir, transferir para sua conta e sacar o valor disponível em forma de dinheiro.

Existem muitos estabelecimentos cadastrados no programa, em várias cidades de São Paulo, e toda vez que uma pessoa realizar uma compra e exibir a nota fiscal paulista, uma parte desse valor voltará para o seu bolso. Confira a baixo as categorias de estabelecimentos que são cadastrados no programa:

Lista de estabelecimentos cadastrados na Nota Fiscal Paulista

nota fiscal paulista consulta de crédito saldo 2016

Nesse link: http://www.nfp.fazenda.sp.gov.br/lista_aprovacao.shtm é possível consultar todos os tipos de estabelecimentos, suas categorias e endereços que emitem a nota fiscal paulista. Confira a seguir onde você pode fazer compra e pedir a NFP:

  • Livrarias e bancas de jornal;
  • Postos de gasolina;
  • Lojas de informática e tecnologia;
  • Lojas de artigos de uso doméstico;
  • Material de construção;
  • Lojas de variedades;
  • Roupas e acessórios;
  • Pets shops e serviços veterinários;
  • Papelaria e escritório;
  • Etc.

Para saber a lista com todos os estabelecimentos cadastrados na NFP, acesse o link acima para poder realizar uma consulta completa.

Como funciona a NFP?

A cada compra realizada (nos estabelecimentos cadastrados no programa) pelo consumidor, ele deverá informar seu CPF para adquirir a sua nota fiscal paulista, do produto ou dos serviços contratados. As empresas poderão fornecer uma nota/cupom fiscal físico ou online. Na próxima etapa, o comerciante deverá registrar o CPF/CNPJ do consumidor para gerar a nota.

NFP

Depois do estabelecimento realizar a coleta do ICMS, uma parte desse imposto é repassado em forma de créditos para o comprador. Esses créditos podem ser utilizados para descontar até 50% do IPTU, ou então ser transferido para uma conta bancária, seja ela corrente ou poupança.

Contudo, há um prazo de 05 anos para que a pessoa utilize seus créditos. Então é preciso ficar de olho no seu saldo para saber se há algo disponível em seu CPF.

Quem pode se cadastrar na Nota Fiscal Paulista?

Qualquer pessoa que possua um CPF/CNPJ, e faça compra em um dos estabelecimentos cadastrados no programa Nota Fiscal Paulista.

Contudo, é necessário realizar um cadastro no site do programa e, assim, criar uma senha, que será utilizada toda vez que o consumidor quiser acessar o sistema para consultar a quantidade de créditos disponíveis.

Como resgatar os créditos para minha conta?

Depois de realizar o cadastro e verificar a quantidade de créditos, o consumidor tem a possibilidade de transferir esses créditos para sua conta bancária. Para isso, basta informar os seus dados bancários e solicitar a transferência para a sua conta.

Dentro de poucos dias o dinheiro estará disponível, mas geralmente leva de 4 a 8 dias úteis para os créditos caírem na conta. De uma forma geral, a Nota Fiscal Paulista traz mais benefícios na vida dos consumidores.

Mesmo que o repasse dos créditos não sejam uma fortuna, já ajuda bastante no orçamento familiar. É possível acumular os créditos, porém há um prazo até que o dinheiro seja utilizado. Para esclarecer melhor, a dica é visitar a página oficial da NFP para ler todo o regulamento.

Esclareça todas as suas dúvidas e não se esqueça de consultar, periodicamente, os créditos disponíveis em sua conta. Lembre-se de exigir a nota fiscal e informar o seu CPF após realizar o pagamento das compras ou serviços.

Em quais estabelecimentos você costuma exigir a Nota fiscal paulista NFP? Conta pra gente nos comentários.